Os Segredos do Design de Interiores Revelados

Por todo o lado, desde a Internet à televisão, ou mesmo em livros e revistas, encontramos hoje uma imensidão de informação, opiniões e conselhos para quem quer fazer o “design” do interior da sua casa.

Se é verdade que para se ser um “designer” de interiores profissional é necessário ter formação superior, o mesmo não se pode dizer do caso de pequenas alterações que pretenda fazer na sua casa. Não necessita de um curso de “design” de interiores para tornar a sua sala de estar num local moderno e agradável. Para isso, basta pesquisar alguma informação sobre os materiais e técnimagazine-791046_960_720cas adequados a cada situação. Compilámos aqui parte dela, para que o seu trabalho se torne mais fácil e obtenha os melhores resultados.

Antes de mais, deve procurar entender o interior da sua casa. Quer pretenda modificar apenas uma divisão ou toda a casa, é necessário perceber o espaço de que dispõe, para que irá servir e quem o utilizará. Com certeza não quererá ter um quarto partilhado por crianças com diversos objetos frágeis, que podem facilmente ser danificados; talvez cor de rosa e amarelo brilhante não sejam as melhores cores para o escritório de um advogado… São estas algumas das considerações iniciais a ter em conta.

A partir daqui, inicia-se a tão desejada fase de escolha e aquisição de tintas e materiais. Recomendamos que faça de duas a quatro escolhas, pois um interior monocromático perde luz e vivacidade. Não tenha medo de arriscar e pintar uma parede de uma divisão de uma cor diferente das demais.

Teste várias disposições dos elementos de mobiliário até encontrar a que mais lhe agrada. Por fim, tenha atenção aos detalhes. Qualquer “designer” de interiores lhe dirá que estes fazem toda a diferença no efeito final. Pequenos toques decorativos, como velas ou “pot-pourri”, podem ser tudo o que falta para criar o espaço com que sonhou.